Logomarca BCB

FAQ - Relatório de Operações de Câmbio e Transferências Internacionais

 
(última atualização: novembro 2018)

1. Preciso de informações sobre as operações de câmbio ou de transferências de valores do ou para o exterior que realizei em um período. Como faço para obtê-las?

O Banco Central do Brasil disponibiliza essas informações para pessoas físicas e jurídicas por meio do Relatório de Operações de Câmbio e Transferências internacionais, que pode ser consultado para um dado período de tempo.

A forma mais fácil de acessar o relatório é por meio do Registrato – Extrato do Registro de Informações no Banco Central, que é um sistema que fornece para o cidadão informações disponíveis em cadastros administrados pelo Banco Central do Brasil. Consulte as perguntas mais frequentes sobre o Registrato.

Outro modo de obter esse relatório de operações de câmbio é comparecer presencialmente em uma das unidades do Banco Central ou enviar correspondência, conforme orientações disponíveis em nossa página na internet, em “Perfis >> Cidadão >> Cadastros, sistemas e certidão negativa >> Formulários e orientações para acesso aos relatórios individuais no Banco Central".

Em razão do sigilo, não é possível fornecer as informações por telefone.

2. Que dados estão disponíveis no Relatório de Operações de Câmbio e Transferências Internacionais?

O Relatório apresenta as principais informações referentes aos registros de operações de câmbio e transferências internacionais realizadas por pessoas físicas e jurídicas, tais como:
  1. dados do cliente (nome, CPF ou CNPJ);
  2. natureza da operação;
  3. instituição contratante;
  4. instituição intermediadora ou correspondente, se for o caso;
  5. dados do pagador ou do recebedor no exterior (nome e país);
  6. datas da contratação e liquidação;
  7. tipo de operação realizada;
  8. número da operação;
  9. número do Registro Declaratório Eletrônico (RDE), se for o caso;
  10. moeda; e
  11. valores da operação (moeda estrangeira e em reais).

3. Realizei uma operação de câmbio ou uma transferência internacional no dia de hoje. Quando essas informações passarão a constar no relatório?

As informações do relatório solicitado abrangem apenas dados de operações liquidadas enviados pelas instituições financeiras e demais entidades autorizadas ao Banco Central. O prazo para envio pode variar entre 1 e 44 dias contados a partir da data de liquidação. Após esse período, a operação realizada constará do relatório.

4. Em quanto tempo o relatório que solicitei é disponibilizado no sistema Registrato?

O Relatório de Operações de Câmbio e Transferências Internacionais é disponibilizado em até 2 (dois) dias úteis após a solicitação.

5. Por quanto tempo os relatórios ficam disponíveis para consulta após sua disponibilização?

Uma vez disponibilizados, os relatórios poderão ser acessados por até 6 (seis) meses. Após esse período, é necessário realizar uma nova consulta.

6. Por que, em alguns casos, o relatório é gerado parcialmente?

O relatório é gerado parcialmente quando ultrapassa o limite de mil páginas. Nesses casos, recomendamos ao interessado a realização de nova consulta utilizando um período de tempo menor.

7. No meu relatório há uma operação que não realizei. O que devo fazer?

Se você identificou alguma operação que você não realizou, entre em contato diretamente com o Banco Central do Brasil (registrato.deati@bcb.gov.br) informando os dados equivocados.

8. Verifiquei que há dados faltantes ou incorretos no meu relatório. Como fazer a correção?

As informações contidas no relatório são de inteira responsabilidade da instituição financeira, inclusive no que diz respeito às inclusões e às correções. Assim, somente a instituição responsável pela inclusão da informação pode alterá-la. Se houver algum dado incorreto, você deve solicitar a retificação à instituição responsável pela informação.


- Base normativa: