BCB - Abstracts

 

Working Paper 388

Do Financial Crises Erode Potential Output? a cross country analysis of industrial and emerging economies


Fernando N. de Oliveira and Myrian Petrassi


Abstract

Our objective in this paper is to analyze empirically if financial crises have decreased potential output for a selected group of economies. We estimate different stylized Phillips curves to verify if inflationary pressures were stronger on the recovery periods after financial crises, relative to the recovery periods after recessions. Our results, in general, do not show any clear empirical evidence that financial crises erode potential output. Moreover, there are no apparent differences in terms of the effects of financial crises over potential output between emerging and industrial economies.

Resumo

O objetivo do artigo é analisar empiricamente, em um grupo selecionado de economias, se crises financeiras reduziram o produto potencial. Foram estimadas diferentes Curvas de Phillips estilizadas para verificar se pressões inflacionárias foram importantes nos períodos de recuperação após crises financeiras, em comparação a períodos de recuperação após recessões. Os resultados mostram que, em geral, não há evidência empírica clara que crises financeiras reduzam produto potencial. Além disso, não há diferenças aparentes entre os efeitos de crises financeiras no produto potencial entre economias emergentes e industriais.