Working Paper 226

A Macro Stress Test Model of Credit Risk for the Brazilian Banking Sector


Francisco Vazquez, Benjamin M. Tabak and Marcos Souto


Abstract

This paper proposes a model to conduct macro stress test of credit risk for the banking system based on scenario analysis. We employ an original bank level data set with disaggregated credit loans for business and consumer loans. The results corroborate the presence of a strong procyclical behavior of credit quality, and show a robust negative relationship between (the logistic transformation of) NPLs and GDP growth, with a lag response up to three quarters. The models also indicate substantial variations in the cyclical behavior of NPLs across credit types. Stress tests suggest that the banking system is well prepared to absorb the credit losses associated with a set of distressed macroeconomic scenarios without threatening financial stability.

Resumo

Este artigo propõe um modelo para realizar testes de estresse de risco de crédito para o sistema bancário baseado em análise de cenários. Nós empregamos uma base de dados painel original com empréstimos desagregados para setores da economia (pessoa jurídica e física). Os resultados corroboram a presença de forte componente pró-cíclico da qualidade do crédito, e uma relação negativa entre a inadimplência e taxa de crescimento do PIB, com defasagem de até três trimestres. Os modelos indicam variações cíclicas substanciais no comportamento da inadimplência por tipo de crédito. Os testes sugerem que o sistema bancário brasileiro está bem preparado para absorver perdas de crédito devido a um conjunto de cenários macroeconômicos sob situação de estresse sem ameaçar a estabilidade financeira.