Logomarca BCB

BCB - Resumos/Abstracts

 

Working Paper 38

Implied Volatility and Anticipation of Stress Events: A Test for the Brazilian Market


Frederico Pechir Gomes


Abstract

This paper aims at verifying whether, for the Brazilian markets, option implied volatility contains information regarding large-magnitude returns in the future. Moreover, a practical tool was developed in order to capture the information provided by implied volatility. Statistical evidence shows that implied volatility in Telebrás and dollar-real options contains useful information regarding stress events in the future. Depending on the implied volatility estimate used in the analysis, the information provided by Telebrás options is captured by a practical warning system at a 92% level of confidence. In the case of implied volatility in dollar-real options, however, the practical tool proved to be inefficient. False signals were issued and stress events in the dollar-real market were not previously detected.

Resumo

Trata-se de verificar se, para o mercado brasileiro, a volatilidade implícita em opções contém informações sobre eventos de stress no futuro, e se tais informações podem ser capturadas por meio de um sistema prático de aviso. Para tal, primeiramente foi testado o conteúdo informacional da volatilidade implícita, ou seja, verificou-se se a volatilidade implícita ajuda a explicar retornos de grande magnitude no futuro. Em seguida, foi utilizada ferramenta prática com o intuito de capturar as informações fornecidas pela volatilidade implícita. As evidências estatísticas mostraram que, para os dois mercados de opções analisados - Telebrás e Dólar Comercial - a volatilidade implícita fornece informações úteis acerca de retornos anormais no futuro. No caso de opções em Telebrás, tais informações foram capturadas a um nível de confiança de 92%, quando utilizada uma das três estimativas de volatilidade implícita consideradas na presente análise. Para o Dólar Comercial, contudo, a ferramenta prática utilizada com o objetivo de se obter sinalização para eventos de stress no futuro não se mostrou eficaz, tendo falhado na antecipação de retornos anormais e emitido falsos sinais.