BCB - Abstracts

 

Working Paper 231

Capital Requirements and Business Cycles with Credit Market Imperfections


Pierre-Richard Agénor, K. Alper and L. Pereira da Silva


Abstract

The business cycle effects of bank capital regulatory regimes are examined in a New Keynesian model with credit market imperfections and a cost channel of monetary policy. Key features of the model are that bank capital increases incentives for banks to monitor borrowers, thereby reducing the probability of default, and excess capital generates benefits in terms of reduced regulatory scrutiny. Basel I- and Basel II-type regulatory regimes are defined, and the model is calibrated for a middle-income country. Simulations of a supply shock show that, depending on the elasticity that relates the repayment probability to the capital-loan ratio, a Basel II-type regime may be less procyclical than a Basel I-type regime.

Resumo

Os efeitos no ciclo de negócios de regimes de regulação de capital são examinados em um modelo Novo Keynesiano com imperfeições no mercado de crédito e um canal de custos da política monetária. As características chaves do modelo são que o capital bancário aumenta os incentivos que os bancos tem a monitorar os tomadores de empréstimos, reduzindo a probabilidade de inadimplência, e capital excedente gera benefícios em termos de redução do escrutínio regulatório. Os regimes regulatórios do tipo Basiléia I e II são definidos e o modelo é calibrado para um país de renda média. As simulações de um choque de oferta mostram que, dependendo da elasticidade que relaciona a probabilidade de repagamento à razão capital-empréstimos, um regime do tipo Basiléia II pode ser menos pró-cíclico que um regime do tipo Basiléia-I.