Logomarca BCB

BCB - Abstracts

 

Working Paper 164

Foreign Banks' Entry and Departure: The Recent Brazilian Experience (1996-2006)


Pedro Fachada


Abstract

There is a broad literature documenting the recent trend towards a larger foreign banking presence in both mature and emerging markets. Less documented are the few situations where banking internationalization has contracted. Brazil is one such case. After a large-scale entry in the late 90s, foreign banks have retreated, being absorbed by their domestic competitors. This paper examines these opposite trends and associates de-internationalization mainly with lower relative profitability of foreign firms. Bank-level panel data investigates the determinants of earnings and costs according to ownership, providing evidence that greater foreign presence contributed to curb domestic banks?costs, but not their profitability. This assessment is consistent with widespread evidence that internationalization forces local banks to operate more efficiently.

Resumo

Existe uma ampla literatura sobre internacionalização bancária, tanto em países desenvolvidos como em países emergentes. Menos documentadas são as situações em que a internacionalização bancária regrediu. O Brasil constitui um caso bastante particular, onde uma maciça entrada de bancos varejistas estrangeiros no final dos anos 90 foi seguida por uma saída gradual, ou pela associação dos bancos estrangeiros com seus competidores domésticos. O texto documenta as causas do retorno dos bancos estrangeiros, associando essa tendência à sua menor rentabilidade relativa – em larga escala associada à sua menor eficiência de custos. Estimação com dados em painel examina os determinantes da lucratividade e custos das duas categorias de bancos, indicando que a abertura do mercado bancário contribuiu para reduzir os custos operacionais do sistema, mas não sua lucratividade. Esta conclusão é consistente com a larga evidência empírica de que a internacionalização força os bancos locais a operar mais eficientemente.