Logomarca BCB

BCB - Abstracts

 

Working Paper 127

Uma Investigação Baseada em Reamostragem sobre Requerimentos de Capital para Risco de Crédito no Brasil


Ricardo Schechtman


Resumo

Este estudo investiga a relação entre requerimentos absolutos de capital para risco de crédito, taxas de solvência bancária e cenários de stress de taxas de default de tomadores corporate no Brasil. A metodologia é baseada num procedimento de reamostragem desenvolvido a partir das idéias de Carey (2002), que é empregado para estimar distribuições de perda de crédito de carteiras típicas de grandes bancos brasileiros. Sob esta abordagem, as decisões de investimento em crédito dos bancos são modeladas como retiradas estratificadas independentes de um pool representativo de tomadores, em que tal independência é motivada pela hipótese de que nem bancos, tampouco reguladores, são capazes de estimar, ex-ante, sensibilidades a fatores sistêmicos de exposições individuais. No que se refere à solvência propiciada para as carteiras corporate de grandes bancos brasileiros, os resultados sugerem que a proteção adicional da versão brasileira de Basiléia I é relevante principalmente para cenários de elevado stress de taxas de default.

Abstract

This study investigates the relation between absolute levels of credit risk capital requirements, bank solvency rates and stress scenarios of corporate default rates. The methodology is based on a resampling procedure developed based on the ideas of Carey (2002), which is used to estimate credit loss distributions of typical large Brazilian bank credit portfolios. In this approach, banks’ credit investment decisions are modeled as stratified independent draws from a representative pool of borrowers, in which such independency is brought about by the assumption that neither banks nor regulators are able to estimate, ex-ante, individual exposures’ sensitivities to systemic factors. As far as guaranteeing solvency for large Brazilian banks’ corporate portfolios, results suggest that the additional protection of the Brazilian version of Basel I is relevant mainly for highly stressed default rates.