Logomarca BCB

BCB - Resumos/Abstracts

 

Working Paper 117

An Analysis of Off-Site Supervision of Banks' Profitability, Risk and Capital Adequacy: a portfolio simulation approach applied to brazilian banks


Theodore M. Barnhill, Marcos R. Souto e Benjamin M. Tabak


Abstract

In most countries, the role of off-site bank supervision involves continuous monitoring of profitability, risk and capital adequacy. The objective of this article is to demonstrate the value of bringing together advanced modeling techniques with data on banks' assets and liabilities and credit worthiness. More specifically, we apply an integrated market and credit risk simulation methodology to a group of six hypothetical banks. We show the capacity of the methodology: (i) to simulate credit transition probabilities of default close to the historical values estimated by the Central Bank of Brazil; and (ii) to simulate asset and equity returns that are unbiased estimators of average historical returns and standard deviations. Our results also indicate that: (i) a sharp reduction in the interest rate spreads of Brazilian banks reduces bank profitability and increases the probability of default; and (ii) most banks have low probability of bankruptcy. Our position is that utilization of forward looking risk evaluation methodologies in databases, such as those developed by the Central Bank of Brazil, has significant potential as an instrument of indirect supervision to identify potential risks before they materialize.

Resumo

A função de supervisão indireta de bancos, na maioria dos países envolve o monitoramento contínuo da lucratividade, do risco e da adequação de capital de bancos. Neste artigo demonstramos o valor de unir técnicas de modelagem avançadas com dados de ativos e passivos bancários na qualidade de crédito. Em particular, aplicamos uma metodologia de simulação integrada de risco de mercado e crédito a uma base de dados coletada pelo Banco Central do Brasil, para produzir avaliação de risco para um conjunto de seis bancos fictícios. Demonstramos a habilidade da metodologia em: (i) simular probabilidades de transição de crédito de inadimplência próximas aos valores históricos estimados pelo Banco Central do Brasil; (ii) simular retornos do ativo e do patrimônio que são estimadores não enviesados de retornos médios históricos e desvios-padrão. Também demonstramos que: (i) uma redução significativa nos spreads de taxas de juros de bancos brasileiros reduz a lucratividade bancária e aumenta a probabilidade de inadimplência; (ii) a maioria dos bancos tem baixa probabilidade de falência. Nossa visão é que a utilização de metodologias de avaliação de risco forward looking em bases de dados, como as desenvolvidas pelo Banco Central do Brasil, tem um potencial significativo como instrumento de supervisão indireta para identificar riscos potenciais antes que eles se materializem.