Logomarca BCB

 Juros e Spread Bancário

 

NOTA PARA A IMPRENSA – 19.11.1999

I – Evolução da taxa de juros ativa e do spread bancário

As taxas de juros das operações ativas do sistema financeiro apresentaram um importante recuo nos últimos três meses, respondendo a uma série de medidas de política econômica determinadas pelo Banco Central, em particular a redução do recolhimento compulsório sobre depósitos à vista, a eliminação do compulsório sobre depósitos a prazo, a queda da taxa SELIC, a redução da alíquota do IOF sobre operações de crédito com pessoas físicas e ainda a melhora do ambiente de expectativas sobre a inflação entre agosto e meados de outubro.

Como conseqüência, o adicional cobrado pelas instituições financeiras dos tomadores sobre as taxas de captação, o chamado spread bancário, também apresentou importante redução nos últimos três meses, conforme pode ser visto na tabela abaixo.

Tabela 1

Evolução das taxas de juros e do spread bancário (%ao mês)

Discriminação Mai-Jul/99 Ago/99 Set/99 Out/99

Fonte: DEPEP/SP

(*) – No valor do custo ao tomador, além dos juros e encargos cobrados pela instituição financeira, está incluído o valor relativo à CPMF.

Custo ao Tomador* - Geral

  • Pessoas Físicas
- Cheque Especial
  • Pessoas Jurídicas


  • Taxa Captação CDB

    Spread - Geral

  • Pessoas Físicas
- Cheque Especial
  • Pessoas Jurídicas

5,17

6,75

8,90

4,31

 

1,60

 

3,58

5,15

7,30

2,72

 

5,11

6,78

8,89

4,18

 

1,53

 

3,58

5,25

7,36

2,65

 

4,87

6,48

8,64

3,98

 

1,45

 

3,42

5,03

7,19

2,53

 

4,33

5,78

7,93

3,53

 

1,32

 

3,01

4,46

6,61

2,21

Como se observa no anexo Quadro 1, que apresenta a taxa de juros média mensal por segmentos de crédito (sem a inclusão da CPMF) a partir de janeiro de 1997, a queda registrada nos últimos meses foi generalizada. Porém, a retração foi relativamente maior sobre as operações de crédito com juros nominais mais elevados, isto é, sobre as taxas incidentes em transações com pessoas físicas, como resultado da redução do IOF sobre essas operações. Neste sentido, a taxa do cheque especial mostrou um recuo de 8,70% ao mês na média maio-julho para 7,95% em outubro, enquanto que para a modalidade de crédito pessoal – PF observou-se uma retração de 6,24% para 5,40% no mesmo comparativo.

No que se refere a operações de pessoas jurídicas, também se observa a tendência de redução de juros sobre empréstimos, com queda da taxa incidente nos créditos para capital de giro de 4,03% ao mês em maio-julho para 3,45% em outubro, e de 3,43% para 2,93% na taxa sobre aquisição de bens – PJ no mesmo período.


Gráfico da Taxa de Juros por Modalidade de Crédito de 1994 a 1999.

Observe-se que as taxas nominais de juros nas operações ativas de outubro são as mais baixas para todo o período do Plano Real (Gráfico 1), exceção feita aos adiantamentos para cheque especial, categoria onde as taxas atuais ainda se encontram superiores ao primeiro semestre de 1997.

Em relação à taxa média das operações ativas, ponderada pelo peso das diversas modalidades de crédito na carteira do sistema bancário (Quadro 2), a taxa observada em outubro foi de 4,33%, a qual pode ser desagregada em operações com empresas (taxa média de 3,53%) e pessoas físicas (média de 5,78%).

A queda da taxa de juros ativa nos últimos meses foi relativamente maior do que o recuo da taxa de juros básica SELIC determinada pelo Banco Central e da taxa de captação do sistema bancário, resultando em conseqüência em menores spreads bancários. O spread efetivo sobre operações para empresas atingiu 2,21% ao mês em outubro, enquanto as operações com clientes pessoas físicas apresentaram spread de 4,46% no mesmo mês. Em relação ao spread médio do trimestre maio-julho, o indicador de outubro apresenta um recuo de 0,34 ponto de percentagem para créditos a empresas e 0,49 ponto para pessoas físicas.

Destaque-se que, embora ainda elevado, o nível de spread total obtido em outubro já é o mais baixo desde o início do Plano Real, embora o relativo ao segmento de pessoas físicas ainda encontre-se em patamar superior ao primeiro trimestre de 1997 (Gráfico 2).


Gráfico do Spread – média móvel de 3 meses de 1994 a 1999.

Em relação ao risco de crédito, estimado com base em dados do balanço de 17 grandes bancos, observa-se desde junho a reversão da tendência altista que se manifestou de forma continuada desde outubro de 1997, com o patamar de setembro (último dado disponível) na faixa de 1% (Gráfico 3). A taxa de inadimplência efetiva em setembro foi a menor observada neste ano.


Gráfico do Impacto Mensal da Inadimplência Geral de 1994 a 1999.

Outro aspecto importante da atual política de crédito e de compulsórios do Banco Central refere-se à evolução da carteira de crédito bancário, que alcançou em outubro R$ 52,2 bilhões, um expressivo aumento sobre o volume de junho (R$ 46,5 bilhões). Os segmentos mais favorecidos foram o crédito pessoal e a conta garantida (Quadro 3). O incremento do volume de crédito está associado à queda da taxa de juros, à redução do recolhimento compulsório sobre depósitos à vista e à extinção do compulsório sobre depósitos a prazo, além da redução que vem se observando nas taxas de inadimplência.


Gráfico do Saldo de Operações de Crédito de 1994 a 2000.

II – Acompanhamento das medidas propostas pelo Banco Central para reduzir juros e spread bancário

Simultaneamente à divulgação do estudo "Juros e Spread Bancário no Brasil", em 14 de outubro de 1999, o Banco Central fez aprovar diversas medidas visando a redução dos juros e do spread bancário, entre as quais a redução do IOF sobre operações de crédito com pessoas físicas, a eliminação dos recolhimentos compulsórios sobre depósitos a prazo, a ampliação da base de cobertura da Central de Risco e a criação das Cédulas de Crédito Bancário.

Para aumentar a transparência das operações bancárias, em particular aquelas referentes a cheque especial, o Banco Central já tomou e vem tomando diversas medidas visando a aumentar a quantidade e qualidade das informações prestadas pelas instituições financeiras ao público. Desde o início deste mês de novembro já se encontram disponíveis na home-page do Banco Central (www.bcb.gov.br -Sistema Financeiro Nacional/Taxas de Operações de Crédito) informações individualizadas por instituição financeira sobre as taxas médias de juros praticadas junto a seus clientes. As informações sobre as taxas do cheque especial estão sendo divulgadas com um intervalo de dois dias úteis.

É importante ressaltar que estas informações são fornecidas pelas instituições financeiras ao Banco Central e se referem a taxas médias efetivamente praticadas. O Banco Central pretende acrescentar ao seu site as taxas máximas e mínimas praticadas pelo sistema.

Diversas outras medidas propostas no estudo sobre juros e spread bancário divulgado no mês passado já se encontram em estágio avançado de preparação, devendo ser anunciadas nos próximos dias, como a revisão da Resolução 2.493, reduzindo as restrições sobre as cessões de crédito das instituições financeiras, e da Circular 2.720, visando obter informações mais detalhadas das operações de crédito das instituições financeiras.

O acompanhamento do encaminhamento das medidas propostas no estudo "Juros e Spread Bancário no Brasil" está detalhado na tabela 2 a seguir, com a descrição das medidas efetivamente adotadas e do estado em que se encontram os estudos e projetos visando a adoção das demais medidas.

Tabela 2

ACOMPANHAMENTO DAS MEDIDAS PROPOSTAS:

Medidas Propostas Medidas Adotadas/Observações

Competência do BC:

 
redução de exigências burocráticas – revisar um sem número de exigências que podem ser consideradas excessivas em relação a operações de pequeno valor

O BC deverá formar um GT específico para estudar a questão, que deverá contar com a colaboração da Febraban para melhor identificar as exigências que podem ser suprimidas ou simplificadas.





ampliação da base de cobertura da Central de Risco – reduzir o limite de valor informado

Reduzido de R$ 50 mil para R$ 20 mil, com vigência a partir de 01.11.99, o valor mínimo das responsabilidades que devem ser informadas pelas instituições financeiras à Central de Risco (Circular 2.938, de 14.10.99).



aumento de informações da Central de Risco – melhorar a qualidade das informações, inclusive pela inclusão de informações positivas

Já existe no BC um GT específico para avaliar a primeira fase da Central de Risco, que deve realizar um diagnóstico e propor novos desenvolvimentos. A apresentação da análise e recomendações deve ocorrer até março de 2000.





aperfeiçoamento do sistema de pagamentos

A Diretoria do BC, em reunião de 30.06.99, aprovou projeto de reestruturação do Sistema de Pagamentos Brasileiros, cuja implementação espera estar concluída até novembro do ano 2.000.

Os principais pontos do projeto estão disponíveis na home-page do Banco Central (internet).





aperfeiçoamento do COSIF – aumentar a transparência dos balanços, inclusive pela inclusão de informações mais detalhadas por produtos, prazos e segmentos

Existe projeto específico para tratar do assunto, objetivando maior transparência das principais operações e a situação de cada instituição, inclusive com maiores informações a nível trimestral.





redução dos compulsórios – avançar no processo de redução dos compulsórios sobre depósitos (sempre de forma compatível com o regime de metas para a inflação)

Processo de redução gradual dos recolhimentos compulsórios sobre depósitos já está em andamento.

Os recolhimentos compulsórios sobre depósitos a vista foram reduzidos de 75% para 65% (Circular 2.927, de 08.09.99), surtindo seus efeitos a partir de 01.10.99.

Os recolhimentos compulsórios sobre depósitos a prazo foram reduzidos de 20% para 10% (Circular 2.925, de 02.09.99), e posteriormente para zero (Circulares 2.939 e 2.940, de 14.10.99).





flexibilização dos direcionamentos de crédito – propor medidas específicas que diminuam, em geral, os direcionamentos das operações de crédito


Existem dois GT interministeriais já trabalhando sobre crédito habitacional (BC, Ministério da Fazenda e Secretaria Desenvolvimento Urbano) e crédito rural (BC, Ministério da Fazenda e Ministério da Agricultura).





transparência das operações bancárias – levantar informações mais detalhadas de prazos e custos das principais operações de crédito e divulgá-las, via internet, à população

O BC já estão ultimando a substituição da Circular 2.720, de forma a obter informações mais detalhadas.

As informações básicas sobre os encargos financeiros das principais informações já estão disponíveis (em D+10) desde novembro na home-page do BC (internet).





maior concorrência no cheque especial – promover a divulgação pública diária das taxas médias de cheque especial efetivamente praticadas por todos os bancos

Estabelecida a obrigatoriedade dos bancos informarem as taxas efetivas, máxima e mínima praticadas em operações de cheque especial, que devem ser divulgadas em local visível de suas dependências e em suas home-pages (internet) de divulgação (Circular 2.963, de 14.10.99).

Reduzida, a partir de 01.11.99, para dois dias úteis o prazo para a remessa ao BC das informações diárias relativas as taxas médias de operações com cheque especial (Circular 2.937, de 14.10.99).

As informações básicas sobre os encargos financeiros médios praticados, juntamente com aquelas das demais operações de crédito, com base na Circular 2720, já estão na home-page do BC (internet).





securitização e negociação de recebíveis – simplificar as regras impostas a esse mercado

O BC já está ultimando os estudos visando a revisão da Resolução 2.493, que estabelece as condições para a cessão de créditos por parte das instituições financeiras.

A criação da Cédula de Crédito Bancário deve facilitar a negociação de créditos no mercado secundário.



Proposição de medidas legais:

 


redução do IOF – reduzir o impacto do IOF nas operações de crédito, principalmente para os empréstimos para pessoas físicas


Redução do IOF nas operações com pessoas físicas, de 6% para 1,5%, com vigência a partir de 18.10.99.

A redução do IOF significou uma redução de 0,37 ponto percentual ao mês no spread e no custo dos empréstimos ao tomador pessoa física.





tratamento da dedução do IR/CSLL sobre provisionamento de créditos – estudar a viabilidade de maior uniformização desses procedimentos


Ainda pendente de uma negociação com Secretaria da Receita Federal.



aperfeiçoamento do sistema de pagamentos – consolidar legalmente as modificações que o BC vem realizando no sistema

O Banco Central deve encaminhar projeto de lei oportunamente, no bojo da implementação do novo sistema.





criação da Cédula de Crédito Bancário – disseminar a utilização de um título de crédito mais simples e eficaz no trâmite judicial


Medida Provisória 1.925, publicada no DOU de 15.10.99.

Para que seja disseminado o uso do novo instrumento e eliminado o risco de retrocessos, seria importante que a MP seja examinada e transformada em lei pelo Congresso Nacional.





separação da discussão judicial de juros e principal – tornar obrigatório o depósito judicial da parte incontroversa relativa ao principal não amortizado


O BC já preparou minuta de texto legal, que está sendo avaliada pelo seu Departamento Jurídico, esperando anunciá-la até o início do ano que vem.





esclarecimento sobre anatocismo (juros sobre juros) no SFN – esclarecer que esse dispositivo da lei da usura não se aplica ao SFN


O BC já preparou minuta de texto legal, que está sendo avaliada pelo seu Departamento Jurídico, esperando anunciá-la até o início do ano que vem.





priorização de créditos garantidos – modificar a lei de falências visando maior proteção dos credores no recebimento de empréstimos junto a empresas insolventes


O BC está estudando o assunto, esperando anunciar suas propostas até o início do ano que vem.





contrato eletrônico de crédito – propor lei para melhor proteger as partes contratantes em operações transitadas através da internet e de outros meios eletrônicos


Existe um projeto sobre contratos eletrônicos em tramitação no Congresso Nacional, a partir de sugestão da OAB-SP.

O BC deve estudar o projeto para sugerir eventuais aperfeiçoamentos relativos a segurança das operações de interesse do SFN.





aumento de informações dos cadastros de inadimplentes – ampliar o acesso de dados disponíveis junto às diversas centrais de proteção ao crédito


Os principais cadastros de inadimplentes do País (SERASA e Associações Comerciais) não fazem parte do SFN e estão fora do âmbito formal de atuação do BC.

O BC vem estudando como melhor atuar nesse caso, pois qualquer ação do Governo dependerá de ações voluntárias, ou mediante ações legais que ainda estão sendo avaliadas e analisadas.

Segundo a Associação Comercial de São Paulo, já está em andamento uma maior integração dos dados das centrais de proteção naquele estado, bem como com o Rio de Janeiro.





proteção às centrais de riscos – esclarecer que a negativação de pessoas físicas e jurídicas em cadastros de proteção ao crédito não constitui invasão de privacidade nem constrangimento ilegal de consumidores


O BC está estudando a apresentação de um projeto de lei complementar sobre o assunto.



ANEXOS

Quadro 1 - Taxa de Juros das Operações Ativas

Mês Hot Money Desconto de Duplicatas Desconto de Promissória Capital de Giro Conta Garantida Aquisição de Bens - PJ Vendor Cheque Especial PF Cred. Pessoal PF Aq.Bens -PF

Fonte: transação PEFI 300 do Sisbacen, taxas diárias acumuladas no mês

Jan/97 4,25% 5,09% 5,74% 4,40% 5,04% 4,31% 2,97% 8,03% 6,75% 5,18%
Fev/97 3,70% 4,14% 4,67% 3,60% 4,50% 3,61% 2,40% 7,25% 5,42% 4,16%
Mar/97 4,04% 4,41% 4,97% 3,77% 4,50% 3,58% 2,41% 7,41% 5,64% 4,23%
Abr/97 4,27% 4,69% 5,28% 4,09% 4,78% 3,81% 2,58% 7,80% 5,91% 4,47%
Mai/97 3,97% 4,30% 4,80% 3,74% 4,51% 3,47% 2,33% 7,89% 5,86% 4,46%
Jun/97 4,02% 4,26% 4,84% 3,73% 4,60% 3,34% 2,39% 8,06% 6,12% 4,62%
Jul/97 4,30% 4,66% 5,18% 4,06% 4,79% 3,58% 2,54% 8,57% 6,68% 4,88%
Ago/97 4,00% 4,20% 4,80% 3,70% 4,46% 3,21% 2,25% 8,10% 6,12% 4,43%
Set/97 4,12% 4,35% 4,78% 3,78% 4,55% 3,34% 2,41% 8,32% 6,30% 4,67%
Out/97 4,46% 4,61% 5,05% 4,08% 4,74% 3,54% 2,57% 8,54% 6,64% 4,87%
Nov/97 5,21% 5,43% 5,76% 4,83% 5,21% 3,97% 3,50% 8,84% 7,02% 5,28%
Dez/97 5,70% 6,10% 6,36% 5,22% 5,68% 4,41% 3,70% 9,46% 7,76% 5,80%
Jan/98 5,23% 5,51% 5,65% 4,86% 5,46% 4,23% 3,45% 9,11% 7,38% 5,54%
Fev/98 4,46% 4,72% 4,90% 4,11% 4,87% 3,66% 2,85% 8,37% 6,26% 4,70%
Mar/98 4,88% 5,33% 5,61% 4,61% 5,38% 4,18% 3,03% 9,21% 7,26% 5,50%
Abr/98 4,31% 4,46% 4,82% 3,83% 4,81% 3,25% 2,42% 8,43% 6,14% 4,62%
Mai/98 4,02% 4,27% 4,58% 3,79% 4,63% 3,31% 2,49% 8,48% 6,30% 4,62%
Jun/98 4,11% 4,32% 4,73% 3,87% 4,67% 3,40% 2,49% 8,74% 6,64% 4,93%
Jul/98 4,37% 4,64% 5,00% 4,09% 4,88% 3,83% 2,58% 8,87% 6,96% 5,08%
Ago/98 3,94% 4,20% 4,47% 3,70% 4,42% 3,38% 2,37% 8,14% 6,11% 4,42%
Set/98 4,94% 5,26% 5,42% 4,52% 4,94% 3,82% 3,14% 8,56% 6,70% 5,05%
Out/98 5,31% 5,56% 5,74% 4,73% 5,30% 4,06% 3,31% 8,97% 6,95% 5,24%
Nov/98 4,73% 4,92% 5,16% 4,23% 4,98% 3,67% 2,94% 8,64% 6,46% 4,72%
Dez/98 5,12% 5,48% 5,80% 4,61% 5,21% 3,80% 3,15% 9,25% 7,13% 5,07%
Jan/99 4,96% 5,48% 5,63% 4,61% 4,89% 3,75% 3,40% 8,52% 6,45% 4,87%
Fev/99 4,63% 5,29% 5,28% 4,44% 4,82% 4,03% 3,65% 8,27% 6,04% 4,81%
Mar/99 6,51% 6,77% 6,81% 5,63% 5,90% 4,95% 4,27% 9,62% 7,73% 5,94%
Abr/99 5,09% 5,08% 5,32% 4,24% 5,04% 3,69% 3,04% 8,46% 6,10% 4,49%
Mai/99 5,18% 5,11% 5,56% 4,29% 4,93% 3,60% 2,90% 8,74% 6,37% 4,52%
Jun/99 4,65% 4,48% 4,89% 3,89% 4,66% 3,36% 2,57% 8,56% 6,02% 4,29%
Jul/99 4,30% 4,41% 4,78% 3,92% 4,47% 3,33% 2,50% 8,79% 6,33% 4,30%
Ago/99 4,12% 4,39% 4,71% 3,86% 4,42% 3,30% 2,42% 8,59% 6,26% 4,25%
Set/99 3,85% 4,12% 4,30% 3,68% 4,20% 3,11% 2,26% 8,34% 5,85% 4,06%
Out/99 3,72% 3,85% 4,14% 3,45% 4,03% 2,93% 2,12% 7,95% 5,40% 3,72%

Quadro 2 - Taxa de Aplicação, Captação e Spread

Mês Tx. Aplicação Tx. Aplicação - PJ Tx. Aplicação - PF Tx. Captação CDB Spread Spread PJ Spread PF

Fonte: Transação PEFI300 do SISBACEN, taxas médias ponderadas pelo saldo de operação

Jan/97 5,11% 4,43% 6,33% 1,79% 3,33% 2,64% 4,55%
Fev/97 4,34% 3,73% 5,28% 1,51% 2,83% 2,22% 3,77%
Mar/97 4,46% 3,85% 5,41% 1,47% 2,99% 2,38% 3,94%
Abr/97 4,75% 4,13% 5,69% 1,60% 3,15% 2,52% 4,09%
Mai/97 4,57% 3,81% 5,72% 1,60% 2,97% 2,21% 4,12%
Jun/97 4,67% 3,84% 5,93% 1,50% 3,17% 2,34% 4,43%
Jul/97 5,00% 4,11% 6,36% 1,62% 3,38% 2,49% 4,74%
Ago/97 4,61% 3,77% 5,90% 1,50% 3,11% 2,27% 4,40%
Set/97 4,77% 3,88% 6,15% 1,55% 3,22% 2,33% 4,60%
Out/97 5,01% 4,12% 6,41% 1,73% 3,27% 2,38% 4,68%
Nov/97 5,59% 4,82% 6,83% 2,53% 3,06% 2,29% 4,30%
Dez/97 6,07% 5,25% 7,45% 2,64% 3,43% 2,61% 4,80%
Jan/98 5,77% 4,92% 7,18% 2,50% 3,27% 2,42% 4,68%
Fev/98 5,04% 4,24% 6,32% 1,90% 3,14% 2,35% 4,42%
Mar/98 5,70% 4,73% 7,26% 1,92% 3,79% 2,81% 5,35%
Abr/98 4,91% 4,02% 6,36% 1,53% 3,38% 2,49% 4,82%
Mai/98 4,88% 3,93% 6,45% 1,62% 3,26% 2,30% 4,83%
Jun/98 5,01% 3,98% 6,75% 1,61% 3,40% 2,37% 5,14%
Jul/98 5,22% 4,20% 6,97% 1,62% 3,60% 2,58% 5,35%
Ago/98 4,68% 3,80% 6,22% 1,50% 3,18% 2,30% 4,72%
Set/98 5,34% 4,54% 6,78% 2,04% 3,30% 2,50% 4,74%
Out/98 5,61% 4,82% 7,08% 2,37% 3,25% 2,45% 4,72%
Nov/98 5,19% 4,38% 6,66% 1,96% 3,23% 2,42% 4,71%
Dez/98 5,54% 4,70% 7,14% 2,03% 3,51% 2,67% 5,11%
Jan/99 5,31% 4,62% 6,62% 2,10% 3,21% 2,52% 4,52%
Fev/99 5,19% 4,54% 6,38% 2,14% 3,05% 2,40% 4,24%
Mar/99 6,43% 5,67% 7,85% 2,63% 3,80% 3,04% 5,22%
Abr/99 5,15% 4,44% 6,45% 1,79% 3,35% 2,65% 4,66%
Mai/99 5,21% 4,43% 6,66% 1,66% 3,55% 2,77% 5,00%
Jun/99 4,88% 4,06% 6,39% 1,50% 3,38% 2,56% 4,88%
Jul/99 4,90% 3,96% 6,59% 1,63% 3,27% 2,33% 4,96%
Ago/99 4,84% 3,94% 6,48% 1,53% 3,31% 2,40% 4,95%
Set/99 4,61% 3,73% 6,18% 1,45% 3,16% 2,28% 4,73%
Out/99 4,33% 3,53% 5,78% 1,32% 3,01% 2,21% 4,46%



Quadro 3 - Volumes por Modalidade de Crédito (em R$ milhões)

  Pré - fixado Pós-fixado Total
Mês Hot Money Desconto de Duplicatas Desconto de Promissória Capital de Giro Conta Garantida Aquisição de Bens - PJ Vendor Cheque Especial - PF Cred. Pessoal - PF Aq.Bens - PF Capital de Giro Conta Garantida Aquisição de Bens - PJ Vendor Cred. Pessoal - PF Aq.Bens -PF Pessoa Física Pessoa Jurídica Geral

Fonte: transação PEFI300, SISBACEN, média dos saldos diários.

Jan/97 1759,0 3043,7 574,6 8290,1 6206,9 606,0 4142,8 4260,7 3386,7 6802,1 4281,2 475,3 285,4 87,8 1171,7 1081,9 16703,2 29752,8 46456,0
Fev/97 1037,1 3126,2 531,7 6953,4 6492,6 596,8 4060,7 4571,3 3699,5 7587,2 4183,7 457,3 282,2 83,6 1058,6 1034,8 17951,5 27805,4 45756,9
Mar/97 955,9 3315,6 533,5 7848,0 6803,9 683,3 4190,4 4721,8 4004,8 8101,8 4154,3 527,0 293,4 104,1 1056,1 975,9 18860,4 29409,6 48270,0
Abr/97 895,1 3392,0 542,9 7882,0 6987,3 781,4 4255,2 4982,1 4362,3 8628,5 4425,6 587,9 307,5 163,0 1044,4 935,8 19953,1 30220,0 50173,1
Mai/97 864,1 3490,1 553,2 8113,4 7215,0 820,4 4395,4 5140,4 4724,4 8625,7 4343,2 546,4 297,4 100,7 1026,6 893,4 20410,5 30739,2 51149,7
Jun/97 907,6 3647,0 622,5 7896,6 7447,1 849,0 4431,9 5260,0 4857,4 8560,9 4423,6 534,6 301,6 111,9 1008,8 842,7 20529,8 31173,4 51703,2
Jul/97 973,5 3782,8 643,2 7969,8 7375,7 953,2 4374,3 5301,9 5104,3 8400,1 4538,6 635,4 286,7 124,9 998,0 768,0 20572,3 31658,2 52230,6
Ago/97 905,6 3888,3 700,4 8219,2 7520,8 1088,9 4167,2 5464,4 5403,8 8381,7 4485,2 688,4 280,8 125,7 976,2 706,6 20932,6 32070,5 53003,2
Set/97 831,6 4055,9 706,8 8606,2 7697,6 1164,6 4155,6 5585,3 5643,4 8239,1 4543,3 678,6 259,7 130,5 952,2 652,7 21072,7 32830,5 53903,2
Out/97 822,9 4170,1 632,6 8853,1 7761,8 1189,8 4229,5 5559,5 5854,2 8088,2 4521,8 623,2 266,7 152,7 936,4 593,7 21032,0 33224,3 54256,3
Nov/97 799,4 3957,5 550,6 8810,6 8190,5 1159,1 4255,2 5811,0 5817,3 7830,6 4482,9 817,8 247,8 150,3 915,4 546,2 20920,5 33421,6 54342,1
Dez/97 744,9 3894,6 519,2 8731,6 8321,3 1022,3 4233,8 5445,5 5698,1 7441,0 4624,9 916,2 225,7 142,9 903,7 505,0 19993,3 33377,5 53370,8
Jan/98 733,9 3476,0 483,9 8851,8 8215,7 953,5 3990,4 5701,3 5593,5 7073,5 4530,7 956,9 232,4 138,5 903,8 456,8 19728,8 32563,7 52292,5
Fev/98 715,1 3469,7 469,6 8259,7 8025,2 915,5 3749,4 5890,9 5642,0 6735,0 4727,2 1039,7 240,7 128,0 937,9 441,0 19646,8 31739,9 51386,7
Mar/98 681,6 3380,6 443,7 7947,3 8032,4 933,5 3617,3 6122,2 5682,1 6341,5 4744,4 1029,0 228,3 117,9 957,3 410,8 19513,8 31156,1 50669,9
Abr/98 697,1 3340,9 440,2 7826,4 8084,9 931,2 3706,9 6131,3 5765,7 6127,7 4803,3 1055,6 243,1 116,6 974,0 382,9 19381,6 31246,1 50627,7
Mai/98 696,4 3336,9 408,4 7830,5 8164,0 954,0 3810,9 6062,0 5862,3 5822,7 4768,9 1115,8 228,4 96,5 987,1 354,9 19089,0 31410,8 50499,8
Jun/98 719,0 3291,9 395,1 7920,1 8196,6 976,1 3814,6 5793,1 5832,5 5594,5 4724,9 1140,6 233,7 83,7 1002,5 338,4 18561,1 31496,2 50057,3
Jul/98 645,3 3135,4 374,9 7951,3 8064,9 929,8 3708,4 5605,2 5787,7 5297,6 4654,0 1066,7 232,6 97,1 1011,1 325,3 18027,0 30860,4 48887,4
Ago/98 660,6 3083,8 352,9 8660,5 8182,7 894,6 3609,4 5559,1 5871,3 5133,5 4669,2 1018,1 212,5 112,5 1021,8 318,7 17904,5 31456,8 49361,3
Set/98 767,0 2904,5 320,7 8773,8 8650,7 889,5 3646,3 5499,9 5880,4 5065,6 4612,5 1041,5 240,2 107,8 1025,1 317,1 17788,1 31954,5 49742,6
Out/98 633,6 2853,8 297,5 9017,7 8700,4 793,2 3497,7 5463,6 5587,6 4802,8 4546,6 1023,6 222,7 104,8 1024,3 313,0 17191,2 31691,6 48882,8
Nov/98 650,4 2848,4 307,4 9014,2 8524,7 744,2 3447,2 5602,5 5470,1 4719,4 4493,5 1053,8 223,5 81,5 1041,1 317,8 17150,9 31388,9 48539,8
Dez/98 685,4 2853,1 307,5 9260,2 8549,6 710,3 3610,0 5027,9 5330,5 4733,3 4283,7 1091,2 228,7 85,6 1055,2 322,5 16469,4 31665,4 48134,8
Jan/99 639,7 2496,3 278,6 9349,9 8584,0 707,0 3420,4 5177,8 5275,1 4695,7 4144,6 1137,7 187,8 112,2 1051,7 323,2 16523,5 31058,2 47581,7
Fev/99 930,8 2369,1 259,2 9458,4 8451,5 685,5 3164,0 5229,9 5545,5 4526,1 3996,9 928,0 186,5 126,3 1057,4 331,2 16690,1 30556,1 47246,2
Mar/99 621,8 2254,3 251,0 9841,2 8290,1 659,3 2974,1 5265,2 5534,3 4150,6 3953,1 974,5 208,1 114,0 1072,9 326,7 16349,7 30141,5 46491,1
Abr/99 559,0 2268,1 253,6 10315,8 8464,7 663,1 2859,0 5396,5 5652,2 3990,0 3860,6 999,5 227,7 91,6 1090,5 326,9 16456,0 30562,7 47018,7
Mai/99 597,2 2409,6 268,3 10623,5 8423,0 662,4 2776,5 5355,2 5779,9 3946,5 3761,5 853,3 231,5 69,8 1093,0 338,1 16512,8 30676,5 47189,3
Jun/99 684,6 2474,7 319,0 10073,7 8261,2 675,5 2773,4 5274,6 5951,6 3903,8 3618,2 788,2 224,4 49,3 1043,6 343,0 16516,5 29942,2 46458,8
Jul/99 577,4 2563,7 397,5 10216,9 8410,4 687,6 2844,8 5299,0 6179,3 3930,6 3542,2 802,7 202,8 37,3 1006,4 347,9 16763,3 30283,4 47046,6
Ago/99 650,9 2653,5 442,0 10353,9 8632,6 705,4 3007,3 5430,1 6507,0 4058,3 3785,9 911,0 228,7 46,1 1044,4 352,2 17392,0 31417,2 48809,2
Set/99 671,5 2764,7 465,7 10197,9 9038,8 747,8 3179,4 5617,2 6803,5 4153,4 4039,4 1096,2 235,2 48,3 1018,3 390,1 17982,5 32484,8 50467,3
Out/99 661,4 2964,3 489,8 9876,3 9400,6 762,5 3492,5 5756,3 7219,8 4224,0 4285,6 1381,5 262,6 46,4 966,3 362,8 18529,1 33623,5 52152,6


Quadro 4 - Composição do Spread – Geral

Dados mensais (em % a.m.)

Taxas Anuais Taxa de Captação CDB Impostos Indiretos (PIS/COFINS/IOF) Despesa ADM Saldo do PDD/Empréstimo IR/CSLL do Banco Lucro do Banco Empréstimo CPMF Custo do Tomador

Fonte: DEPEP/SP

Jan/1997 1,79% 0,26% 1,09% 0,78% 0,51% 0,68% 5,11% 0,13% 5,24%
Fev/1997 1,51% 0,27% 1,06% 0,77% 0,31% 0,42% 4,34% 0,13% 4,47%
Mar/1997 1,47% 0,27% 1,03% 0,71% 0,42% 0,55% 4,46% 0,13% 4,59%
Abr/1997 1,60% 0,27% 1,00% 0,68% 0,52% 0,69% 4,75% 0,13% 4,88%
Mai/1997 1,60% 0,48% 0,95% 0,61% 0,40% 0,53% 4,57% 0,13% 4,70%
Jun/1997 1,50% 0,48% 0,90% 0,57% 0,52% 0,69% 4,67% 0,13% 4,80%
Jul/1997 1,62% 0,27% 0,90% 0,56% 0,71% 0,94% 5,00% 0,13% 5,13%
Ago/1997 1,50% 0,27% 0,88% 0,58% 0,60% 0,79% 4,61% 0,13% 4,75%
Set/1997 1,55% 0,27% 0,85% 0,50% 0,68% 0,91% 4,77% 0,13% 4,90%
Out/1997 1,73% 0,27% 0,84% 0,52% 0,71% 0,94% 5,01% 0,13% 5,14%
Nov/1997 2,53% 0,26% 0,85% 0,56% 0,59% 0,79% 5,59% 0,13% 5,72%
Dez/1997 2,64% 0,26% 0,91% 0,59% 0,72% 0,95% 6,07% 0,13% 6,20%
Jan/1998 2,50% 0,26% 0,85% 0,66% 0,64% 0,85% 5,77% 0,13% 5,90%
Fev/1998 1,90% 0,26% 0,86% 0,70% 0,56% 0,75% 5,04% 0,13% 5,17%
Mar/1998 1,92% 0,28% 0,87% 0,83% 0,78% 1,03% 5,70% 0,13% 5,84%
Abr/1998 1,53% 0,27% 0,87% 0,85% 0,60% 0,79% 4,91% 0,13% 5,04%
Mai/1998 1,62% 0,27% 0,88% 0,84% 0,55% 0,72% 4,88% 0,13% 5,01%
Jun/1998 1,61% 0,27% 0,87% 0,82% 0,62% 0,82% 5,01% 0,13% 5,14%
Jul/1998 1,62% 0,27% 0,85% 0,83% 0,71% 0,94% 5,22% 0,13% 5,35%
Ago/1998 1,50% 0,26% 0,84% 0,82% 0,54% 0,72% 4,68% 0,13% 4,81%
Set/1998 2,04% 0,26% 0,83% 0,77% 0,62% 0,82% 5,34% 0,13% 5,47%
Out/1998 2,37% 0,26% 0,83% 0,85% 0,56% 0,75% 5,61% 0,13% 5,74%
Nov/1998 1,96% 0,26% 0,82% 0,85% 0,56% 0,74% 5,19% 0,13% 5,32%
Dez/1998 2,03% 0,26% 0,85% 0,99% 0,60% 0,80% 5,54% 0,13% 5,67%
Jan/1999 2,10% 0,31% 0,83% 1,05% 0,34% 0,69% 5,31% 0,14% 5,46%
Fev/1999 2,14% 0,30% 0,84% 1,12% 0,26% 0,53% 5,19% 0,00% 5,19%
Mar/1999 2,63% 0,41% 0,90% 1,18% 0,43% 0,88% 6,43% 0,00% 6,43%
Abr/1999 1,79% 0,41% 0,86% 1,23% 0,28% 0,58% 5,15% 0,00% 5,15%
Mai/1999 1,66% 0,40% 0,87% 1,25% 0,38% 0,65% 5,21% 0,00% 5,21%
Jun/1999 1,50% 0,28% 0,81% 1,28% 0,38% 0,64% 4,88% 0,27% 5,15%
Jul/1999 1,63% 0,27% 0,68% 1,24% 0,40% 0,67% 4,90% 0,27% 5,16%
Ago/1999 1,53% 0,27% 0,69% 1,16% 0,44% 0,75% 4,84% 0,27% 5,11%
Set/1999 1,45% 0,27% 0,79% 1,02% 0,40% 0,68% 4,61% 0,27% 4,87%

Quadro 5 - Composição do Spread - Pessoa Física

Dados mensais (em % a.m.)
Taxas Anuais Taxa de Captação CDB Impostos Indiretos (PIS/COFINS/IOF) Despesa ADM Saldo do PDD/Empréstimo IR/CSLL do Banco Lucro do Banco Empréstimo CPMF Custo do Tomador

Fonte: DEPEP/SP

Jan/1997 1,79% 0,56% 2,09% 0,45% 0,62% 0,83% 6,33% 0,15% 6,49%
Fev/1997 1,51% 0,56% 1,69% 0,46% 0,45% 0,60% 5,28% 0,15% 5,43%
Mar/1997 1,47% 0,56% 1,87% 0,50% 0,43% 0,58% 5,41% 0,15% 5,56%
Abr/1997 1,60% 0,56% 1,93% 0,54% 0,45% 0,60% 5,69% 0,15% 5,84%
Mai/1997 1,60% 1,26% 2,04% 0,66% 0,07% 0,09% 5,72% 0,15% 5,88%
Jun/1997 1,50% 1,25% 1,52% 0,46% 0,51% 0,68% 5,93% 0,15% 6,08%
Jul/1997 1,62% 0,56% 1,45% 0,52% 0,95% 1,26% 6,36% 0,15% 6,52%
Ago/1997 1,50% 0,56% 1,48% 0,57% 0,77% 1,02% 5,90% 0,16% 6,06%
Set/1997 1,55% 0,56% 1,37% 0,61% 0,88% 1,17% 6,15% 0,16% 6,31%
Out/1997 1,73% 0,56% 1,34% 0,65% 0,92% 1,22% 6,41% 0,16% 6,57%
Nov/1997 2,53% 0,55% 1,16% 0,71% 0,81% 1,07% 6,83% 0,16% 6,98%
Dez/1997 2,64% 0,56% 1,36% 0,77% 0,91% 1,21% 7,45% 0,16% 7,60%
Jan/1998 2,50% 0,56% 1,14% 0,92% 0,88% 1,17% 7,18% 0,16% 7,34%
Fev/1998 1,90% 0,56% 1,00% 0,99% 0,81% 1,07% 6,32% 0,16% 6,48%
Mar/1998 1,92% 0,58% 1,43% 1,09% 0,97% 1,28% 7,26% 0,16% 7,42%
Abr/1998 1,53% 0,57% 1,21% 1,16% 0,81% 1,07% 6,36% 0,16% 6,52%
Mai/1998 1,62% 0,57% 1,40% 1,18% 0,72% 0,96% 6,45% 0,16% 6,61%
Jun/1998 1,61% 0,58% 1,29% 1,25% 0,87% 1,15% 6,75% 0,16% 6,91%
Jul/1998 1,62% 0,58% 1,34% 1,27% 0,93% 1,23% 6,97% 0,16% 7,13%
Ago/1998 1,50% 0,58% 1,45% 1,29% 0,60% 0,80% 6,22% 0,16% 6,38%
Set/1998 2,04% 0,57% 1,42% 1,38% 0,59% 0,78% 6,78% 0,16% 6,94%
Out/1998 2,37% 0,57% 1,28% 1,54% 0,57% 0,76% 7,08% 0,16% 7,24%
Nov/1998 1,96% 0,58% 1,42% 1,73% 0,42% 0,56% 6,66% 0,16% 6,83%
Dez/1998 2,03% 0,58% 1,58% 1,69% 0,54% 0,72% 7,14% 0,16% 7,30%
Jan/1999 2,10% 0,61% 1,35% 1,69% 0,28% 0,58% 6,62% 0,16% 6,78%
Fev/1999 2,14% 0,60% 1,24% 1,69% 0,23% 0,47% 6,38% 0,00% 6,38%
Mar/1999 2,63% 0,70% 1,29% 1,67% 0,52% 1,05% 7,85% 0,00% 7,85%
Abr/1999 1,79% 0,70% 1,34% 1,67% 0,31% 0,64% 6,45% 0,00% 6,45%
Mai/1999 1,66% 0,70% 1,52% 1,61% 0,43% 0,73% 6,66% 0,00% 6,66%
Jun/1999 1,50% 0,58% 1,50% 1,37% 0,53% 0,90% 6,39% 0,30% 6,69%
Jul/1999 1,63% 0,58% 1,42% 1,27% 0,63% 1,07% 6,59% 0,30% 6,90%
Ago/1999 1,53% 0,58% 1,45% 1,19% 0,64% 1,09% 6,48% 0,30% 6,78%
Set/1999 1,45% 0,58% 1,43% 1,10% 0,60% 1,02% 6,18% 0,30% 6,48%

Quadro 6 - Composição do Spread - CDC/CPF-Pessoa Física

Dados mensais (em % a.m.)
Taxas Anuais Taxa de Captação CDB Impostos Indiretos (PIS/COFINS/IOF) Despesa ADM Saldo do PDD/Empréstimo IR/CSLL do Banco Lucro  do Banco  Empréstimo CPMF Custo do Tomador

Fonte: DEPEP/SP

Jan/1997 1,79% 0,56% 2,09% 0,45% 0,38% 0,50% 5,75% 0,15% 5,91%
Fev/1997 1,51% 0,55% 1,69% 0,46% 0,17% 0,22% 4,61% 0,15% 4,76%
Mar/1997 1,47% 0,55% 1,87% 0,50% 0,15% 0,20% 4,74% 0,15% 4,89%
Abr/1997 1,60% 0,56% 1,93% 0,54% 0,15% 0,20% 4,99% 0,15% 5,14%
Mai/1997 1,60% 1,26% 2,04% 0,66% 0,00% -0,57% 4,99% 0,16% 5,15%
Jun/1997 1,50% 1,25% 1,52% 0,46% 0,20% 0,26% 5,19% 0,16% 5,35%
Jul/1997 1,62% 0,55% 1,45% 0,52% 0,62% 0,83% 5,60% 0,16% 5,75%
Ago/1997 1,50% 0,55% 1,48% 0,57% 0,44% 0,58% 5,13% 0,16% 5,29%
Set/1997 1,55% 0,55% 1,37% 0,61% 0,55% 0,73% 5,37% 0,16% 5,52%
Out/1997 1,73% 0,55% 1,34% 0,65% 0,59% 0,78% 5,65% 0,16% 5,81%
Nov/1997 2,53% 0,54% 1,16% 0,71% 0,48% 0,64% 6,05% 0,16% 6,21%
Dez/1997 2,64% 0,55% 1,36% 0,77% 0,59% 0,78% 6,69% 0,16% 6,85%
Jan/1998 2,50% 0,55% 1,14% 0,92% 0,55% 0,73% 6,39% 0,16% 6,55%
Fev/1998 1,90% 0,55% 1,00% 0,99% 0,43% 0,57% 5,44% 0,16% 5,60%
Mar/1998 1,92% 0,57% 1,43% 1,09% 0,59% 0,78% 6,37% 0,16% 6,53%
Abr/1998 1,53% 0,56% 1,21% 1,16% 0,40% 0,53% 5,40% 0,16% 5,56%
Mai/1998 1,62% 0,57% 1,40% 1,18% 0,32% 0,42% 5,50% 0,16% 5,67%
Jun/1998 1,61% 0,57% 1,29% 1,25% 0,48% 0,64% 5,84% 0,16% 6,00%
Jul/1998 1,62% 0,57% 1,34% 1,27% 0,56% 0,75% 6,11% 0,16% 6,27%
Ago/1998 1,50% 0,57% 1,45% 1,29% 0,24% 0,31% 5,36% 0,16% 5,52%
Set/1998 2,04% 0,56% 1,42% 1,38% 0,25% 0,33% 5,98% 0,16% 6,14%
Out/1998 2,37% 0,56% 1,28% 1,54% 0,20% 0,26% 6,20% 0,16% 6,36%
Nov/1998 1,96% 0,57% 1,42% 1,73% 0,01% 0,01% 5,70% 0,16% 5,87%
Dez/1998 2,03% 0,57% 1,58% 1,69% 0,15% 0,20% 6,22% 0,16% 6,38%
Jan/1999 2,10% 0,60% 1,35% 1,69% 0,00% 0,00% 5,75% 0,16% 5,91%
Fev/1999 2,14% 0,59% 1,24% 1,69% 0,00% -0,15% 5,52% 0,00% 5,52%
Mar/1999 2,63% 0,69% 1,29% 1,67% 0,24% 0,49% 7,01% 0,00% 7,01%
Abr/1999 1,79% 0,69% 1,34% 1,67% 0,00% -0,01% 5,48% 0,00% 5,48%
Mai/1999 1,66% 0,69% 1,52% 1,61% 0,06% 0,11% 5,66% 0,00% 5,66%
Jun/1999 1,50% 0,57% 1,50% 1,37% 0,16% 0,27% 5,37% 0,31% 5,67%
Jul/1999 1,63% 0,57% 1,42% 1,27% 0,25% 0,43% 5,57% 0,31% 5,88%
Ago/1999 1,53% 0,57% 1,45% 1,19% 0,29% 0,49% 5,52% 0,31% 5,83%
Set/1999 1,45% 0,57% 1,43% 1,10% 0,24% 0,41% 5,20% 0,31% 5,50%

Quadro 7 - Composição do Spread - Cheque Especial-Pessoa Física

Dados mensais (em % a.m.)
Taxas Anuais Taxa de Captação CDB Impostos Indiretos (PIS/COFINS/IOF) Despesa ADM Saldo do PDD/Empréstimo IR/CSLL do Banco Lucro do Banco Empréstimo CPMF Custo do Tomador

Fonte: DEPEP/SP

Jan/1997 1,79% 0,58% 2,09% 0,45% 1,35% 1,78% 8,03% 0,15% 8,18%
Fev/1997 1,51% 0,57% 1,69% 0,46% 1,29% 1,71% 7,25% 0,15% 7,40%
Mar/1997 1,47% 0,58% 1,87% 0,50% 1,29% 1,71% 7,41% 0,15% 7,56%
Abr/1997 1,60% 0,58% 1,93% 0,54% 1,35% 1,79% 7,80% 0,15% 7,95%
Mai/1997 1,60% 1,26% 2,04% 0,66% 1,00% 1,33% 7,89% 0,15% 8,04%
Jun/1997 1,50% 1,26% 1,52% 0,46% 1,43% 1,90% 8,06% 0,15% 8,22%
Jul/1997 1,62% 0,58% 1,45% 0,52% 1,89% 2,50% 8,57% 0,15% 8,72%
Ago/1997 1,50% 0,58% 1,48% 0,57% 1,71% 2,26% 8,10% 0,15% 8,25%
Set/1997 1,55% 0,58% 1,37% 0,61% 1,81% 2,40% 8,32% 0,15% 8,48%
Out/1997 1,73% 0,58% 1,34% 0,65% 1,82% 2,41% 8,54% 0,15% 8,69%
Nov/1997 2,53% 0,57% 1,16% 0,71% 1,67% 2,21% 8,84% 0,16% 8,99%
Dez/1997 2,64% 0,57% 1,36% 0,77% 1,77% 2,35% 9,46% 0,15% 9,62%
Jan/1998 2,50% 0,57% 1,14% 0,92% 1,71% 2,26% 9,11% 0,16% 9,27%
Fev/1998 1,90% 0,58% 1,00% 0,99% 1,68% 2,23% 8,37% 0,16% 8,53%
Mar/1998 1,92% 0,59% 1,43% 1,09% 1,80% 2,38% 9,21% 0,16% 9,37%
Abr/1998 1,53% 0,59% 1,21% 1,16% 1,69% 2,25% 8,43% 0,16% 8,59%
Mai/1998 1,62% 0,59% 1,40% 1,18% 1,59% 2,10% 8,48% 0,16% 8,64%
Jun/1998 1,61% 0,59% 1,29% 1,25% 1,72% 2,28% 8,74% 0,16% 8,90%
Jul/1998 1,62% 0,60% 1,34% 1,27% 1,74% 2,30% 8,87% 0,16% 9,03%
Ago/1998 1,50% 0,59% 1,45% 1,29% 1,42% 1,88% 8,14% 0,16% 8,30%
Set/1998 2,04% 0,59% 1,42% 1,38% 1,35% 1,79% 8,56% 0,16% 8,72%
Out/1998 2,37% 0,59% 1,28% 1,54% 1,38% 1,82% 8,97% 0,16% 9,13%
Nov/1998 1,96% 0,60% 1,42% 1,73% 1,26% 1,68% 8,64% 0,16% 8,80%
Dez/1998 2,03% 0,60% 1,58% 1,69% 1,44% 1,91% 9,25% 0,16% 9,40%
Jan/1999 2,10% 0,64% 1,35% 1,69% 0,90% 1,83% 8,52% 0,16% 8,68%
Fev/1999 2,14% 0,63% 1,24% 1,69% 0,85% 1,72% 8,27% 0,00% 8,27%
Mar/1999 2,63% 0,72% 1,29% 1,67% 1,09% 2,22% 9,62% 0,00% 9,62%
Abr/1999 1,79% 0,72% 1,34% 1,67% 0,97% 1,97% 8,46% 0,00% 8,46%
Mai/1999 1,66% 0,72% 1,52% 1,61% 1,19% 2,03% 8,74% 0,00% 8,74%
Jun/1999 1,50% 0,61% 1,50% 1,37% 1,32% 2,26% 8,56% 0,30% 8,86%
Jul/1999 1,63% 0,60% 1,42% 1,27% 1,43% 2,44% 8,79% 0,30% 9,09%
Ago/1999 1,53% 0,60% 1,45% 1,19% 1,41% 2,41% 8,59% 0,30% 8,89%
Set/1999 1,45% 0,60% 1,43% 1,10% 1,39% 2,37% 8,34% 0,30% 8,64%

Quadro 8 - Composição do Spread - Pessoa Jurídica

Dados mensais (em % a.m.)
Taxas Anuais Taxa de Captação CDB Impostos Indiretos (PIS/COFINS/IOF) Despesa ADM Saldo do PDD/Empréstimo IR/CSLL do Banco Lucro do Banco Empréstimo CPMF Custo do Tomador

Fonte: DEPEP/SP

Jan/1997 1,79% 0,14% 0,71% 0,93% 0,37% 0,49% 4,43% 0,11% 4,54%
Fev/1997 1,51% 0,13% 0,69% 0,90% 0,21% 0,28% 3,73% 0,11% 3,84%
Mar/1997 1,47% 0,14% 0,68% 0,85% 0,31% 0,41% 3,85% 0,11% 3,96%
Abr/1997 1,60% 0,14% 0,65% 0,82% 0,39% 0,52% 4,13% 0,11% 4,24%
Mai/1997 1,60% 0,13% 0,62% 0,84% 0,26% 0,35% 3,81% 0,11% 3,92%
Jun/1997 1,50% 0,13% 0,59% 0,85% 0,33% 0,43% 3,84% 0,11% 3,95%
Jul/1997 1,62% 0,14% 0,59% 0,84% 0,40% 0,53% 4,11% 0,11% 4,22%
Ago/1997 1,50% 0,13% 0,58% 0,85% 0,31% 0,41% 3,77% 0,11% 3,88%
Set/1997 1,55% 0,13% 0,56% 0,85% 0,34% 0,45% 3,88% 0,11% 3,99%
Out/1997 1,73% 0,13% 0,55% 0,79% 0,39% 0,52% 4,12% 0,11% 4,23%
Nov/1997 2,53% 0,13% 0,56% 0,81% 0,34% 0,45% 4,82% 0,11% 4,93%
Dez/1997 2,64% 0,14% 0,59% 0,85% 0,44% 0,58% 5,25% 0,11% 5,36%
Jan/1998 2,50% 0,13% 0,56% 0,88% 0,36% 0,48% 4,92% 0,11% 5,03%
Fev/1998 1,90% 0,14% 0,56% 0,93% 0,31% 0,41% 4,24% 0,11% 4,36%
Mar/1998 1,92% 0,14% 0,57% 0,94% 0,50% 0,66% 4,73% 0,11% 4,84%
Abr/1998 1,53% 0,14% 0,57% 0,99% 0,34% 0,44% 4,02% 0,11% 4,13%
Mai/1998 1,62% 0,14% 0,58% 1,01% 0,25% 0,33% 3,93% 0,11% 4,04%
Jun/1998 1,61% 0,14% 0,57% 0,88% 0,34% 0,45% 3,98% 0,11% 4,10%
Jul/1998 1,62% 0,14% 0,56% 0,92% 0,41% 0,55% 4,20% 0,11% 4,31%
Ago/1998 1,50% 0,13% 0,55% 0,89% 0,31% 0,42% 3,80% 0,11% 3,92%
Set/1998 2,04% 0,14% 0,54% 0,90% 0,40% 0,53% 4,54% 0,11% 4,66%
Out/1998 2,37% 0,14% 0,54% 0,88% 0,38% 0,51% 4,82% 0,11% 4,93%
Nov/1998 1,96% 0,14% 0,54% 0,93% 0,35% 0,47% 4,38% 0,11% 4,49%
Dez/1998 2,03% 0,14% 0,56% 0,97% 0,43% 0,57% 4,70% 0,11% 4,81%
Jan/1999 2,10% 0,18% 0,54% 0,85% 0,31% 0,64% 4,62% 0,14% 4,76%
Fev/1999 2,14% 0,17% 0,55% 1,00% 0,22% 0,45% 4,54% 0,00% 4,54%
Mar/1999 2,63% 0,29% 0,59% 0,99% 0,39% 0,79% 5,67% 0,00% 5,67%
Abr/1999 1,79% 0,29% 0,56% 1,09% 0,24% 0,48% 4,44% 0,00% 4,44%
Mai/1999 1,66% 0,28% 0,57% 1,31% 0,23% 0,39% 4,43% 0,00% 4,43%
Jun/1999 1,50% 0,15% 0,53% 1,08% 0,29% 0,50% 4,06% 0,25% 4,30%
Jul/1999 1,63% 0,14% 0,45% 1,09% 0,24% 0,41% 3,96% 0,24% 4,21%
Ago/1999 1,53% 0,15% 0,45% 1,27% 0,20% 0,34% 3,94% 0,25% 4,18%
Set/1999 1,45% 0,15% 0,52% 1,26% 0,13% 0,22% 3,73% 0,25% 3,98%