Logomarca BCB

Notas metodológicas

 

            A partir da data-base de junho de 2014, as estatísticas compreendem, além dos instrumentos registrados na Cetip, aqueles registrados na BM&FBovespa - entidade cujos registros de depósitos a prazo iniciaram-se em março de 2014.

            Os certificados de depósito bancário representativos de dívidas subordinadas estão contemplados nas estatísticas.

            São excluídos os instrumentos de depósito a prazo que se encontram registrados na carteira do próprio emissor. As estatísticas retratam os instrumentos pelos valores marcados a mercado até a data-base de junho de 2010 e pelos valores de curva a partir de dezembro de 2010.

            Segundo classificação de "Situação Pessoa Jurídica" contida nas Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central (UNICAD), são excluídas as instituições financeiras nas seguintes situações: Paralisada; Em Liquidação Extrajudicial; Cancelada/Encerrada; Em Falência; Em Liquidação Ordinária e Regime Especial Encerrado por Decisão Judicial.

            A expressão “Resgate Antecipado” aplicada nos relatórios significa que há condições de resgate antecipado previstas e registradas. “Sem Resgate Antecipado” significa que não há condições de resgate antecipado pré-estabelecidas ou não houve preenchimento desta informação nos registros.

            Nas estatísticas produzidas de acordo com o atributo da instituição financeira, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal foram assumidos como “Bancos Múltiplos”.

Alterações:

            A partir da data-base de dezembro de 2006, os CDBs representativos de dívidas subordinadas passam a ser detalhados em tabela adicional, chamada "Detalhamento por prazo e por natureza do detentor de CDB subordinado". Entretanto, continuam a fazer parte das estatísticas das outras tabelas.


Eventuais dúvidas e sugestões podem ser encaminhadas para o e-mail: dimot.desig@bcb.gov.br